top of page

VOCÊ RH - SXSW 2024: Como promover o bem-estar nos escritórios?

Especialistas se reuniram, no maior festival sobre criatividade e inovação do mundo, para debater como investir na saúde dos profissionais. Suas dicas estão relacionadas às lideranças. Confira.





Na última segunda (11), o festival South by Southwest (SXSW), reconhecido mundialmente por discutir criatividade e inovação na cidade de Austin, nos Estados Unidos, voltou a falar sobre como promover a saúde mental no mundo corporativo.


O painel “Prosperando no trabalho: nutrindo o bem-estar nos escritórios modernos” reuniu Gayatri Agnew (Walmart), Megha Bansal Rizoli (Jobs for the Future), Jen Fisher (Deloitte) e Van Jones (CNN e Rapport.co). Você confere os destaques neste texto, graças à colaboração da VOCÊ RH com Renata Rivetti, especialista em felicidade corporativa que participou do evento, e a empresa de bem-estar Vidalink.


Neste painel do SXSW 2024, os especialistas trouxeram três perspectivas principais:


  • O suporte financeiro, claro, é fundamental para promover a saúde física e mental dos colaboradores – não só por possibilitar a oferta de benefícios que facilitam o autocuidado, mas também porque a má remuneração impacta diretamente o estado emocional do indivíduo. Por consequência, ela afeta seu desempenho durante o expediente.

  • A vida pessoal impacta, invariavelmente, a vida profissional. Em todos os níveis. Mas um exemplo desta máxima são os profissionais com doenças crônicas e necessidades específicas, que não podem ser ignoradas pelas lideranças de suas companhias.

  • O investimento na saúde dos profissionais só funciona em ambientes que promovem uma cultura de bem-estar e proporcionam relações saudáveis. Afinal, as pessoas precisam de bons relacionamentos no escritório para sentirem que pertencem àquele lugar.


Jen Fisher ressaltou que pesquisas da Deloitte apontam que o fator mais relacionado ao bem-estar dos profissionais não é a carga de trabalho: é o relacionamento com gerência e liderança. A autonomia também seria importante – e cada vez mais valorizada.


Como promover o bem-estar


Os especialistas do painel trouxeram duas dicas para promover o bem-estar no mundo corporativo. Primeiro: vale lembrar que a liderança reflete os valores da empresa. Pequenas atitudes dos chefes no cotidiano do escritório, como cumprimentar todos em uma sala, são importantes para que as pessoas se sintam incluídas.


“Se o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional é incentivado pela empresa, a própria liderança precisa servir de exemplo e não abrir mão dos seus períodos de descanso, além de checar se os colaboradores estão fazendo hora extra ou se definiram o período de férias, quando necessário”, afirma Renata.


A segunda dica é: promover uma cultura de bem-estar exige empatia das lideranças. Van Jones contou o caso de um colaborador que estava prestes a ser demitido porque sua performance estava deixando a desejar. Mas, ao compartilhar suas dificuldades tanto no âmbito profissional quanto pessoal, recebeu apoio da empresa – e, logo depois, se tornou o colaborador mais engajado do time.


“Por isso, gestões orientadas somente por resultados têm uma rotatividade maior: elas abrem mão de analisar a raiz dos problemas – e resolvê-los”, comenta Renata.


“Se os profissionais enxergam um esforço da companhia em apoiar seus membros, eles se engajam mais e sentem maior pertencimento. O bem-estar deve ser uma preocupação compartilhada para que todos tenham os recursos necessários para se concentrarem no desenvolvimento profissional”, afirma Luiz González, CEO da Vidalink.


O especialista argumenta que, além de fornecer benefícios como o acesso facilitado a academias e terapias, o RH precisa identificar as necessidades dos seus colaboradores e trabalhar em conjunto com a liderança para promover uma cultura cujo foco seja cuidar do seu time.


As palestras e debates do SXSW 2024 acabaram no último sábado (16). Você confere os principais insights do evento sobre o futuro do trabalho no site, nas redes sociais ou no grupo do WhatsApp da VOCÊ RH.

13 visualizações

Comments


bottom of page