top of page

Mundo RH - Pequenas mudanças podem garantir um ambiente de trabalho mais feliz

Atualizado: 13 de jun. de 2023

Oferecer mais segurança psicológica para a equipe inclui mais empatia e compreensão por parte dos líderes



Além da missão de gestar uma empresa em vista do crescimento, um dos desafios dos empresários de pequeno, médio e grande porte é manter o ambiente de trabalho harmonioso, feliz e ao mesmo tempo produtivo. No entanto, muitos gestores não sabem como construir este ambiente, e muitas das vezes acabam achando que é uma missão impossível.


Além disso, muitos empresários pensam que um aumento de salário, mais benefícios ou bônus para os funcionários são ações perfeitas para construir e manter a boa imagem de uma empresa e os colaboradores felizes, mas a verdade é que a felicidade corporativa vai muito além disso. Ela está relacionada a nos sentirmos desafiados, realizados, a gostar do que fazemos e construir relações mais positivas, a fim de nos encontrar em um ambiente cada vez melhor.


Embora pareça uma tarefa impossível, gostaria de destacar algumas práticas simples, mas que aplicadas com disciplina e metodologia podem garantir o bom êxito nesta busca da felicidade, garantindo uma jornada de trabalho com mais significado para a equipe, independentemente se a empresa é de pequeno, médio ou grande porte. São elas:


  • Segurança psicológica: Oferecer mais segurança psicológica para a equipe inclui mais empatia e compreensão por parte dos líderes. Por isso, é importante incluir os colaboradores nas ações de planejamentos, permitindo que eles deem sugestões para se sentirem mais engajados, e de certo modo, participantes da empresa. Isso resulta em um ambiente mais criativo e inovador.

  • Reformular o trabalho: Para tornar as tarefas mais envolventes e significativas, às vezes é preciso recalcular a rota. Neste ponto, há uma colocação da psicóloga Amy Wrzesniewski, que diz que podemos redesenhar o ambiente de trabalho de acordo com o que a equipe é, sempre proporcionando mais pró-atividade por meio de desafios e situações.

  • Focar no que dá certo: É preciso dar mais importância para aquilo que as pessoas são boas, que as deixam mais realizadas e reconhecidas profissionalmente. Com isso, a equipe terá mais produtividade, engajamento e, consequentemente, mais felicidade.

  • Evitar excessos: A ideia de que a produtividade vem de horas de trabalho intermináveis é um grande erro. Além de afetar drasticamente a saúde mental, o trabalho em excesso reduz produtividade, pois o colaborador deixa de exercê-lo com satisfação. É preciso ter um controle sempre!

  • Dar um stop: Aplicar pequenas pausas, intervalos entre as reuniões ou até mesmo micro férias é importante para garantir a saúde mental e a produtividade sempre sustentável.

Finalizo dizendo que tornar um ambiente de trabalho 100% feliz e produtivo não é uma tarefa que se conclui do dia para a noite. A felicidade é uma jornada a ser percorrida e não deve ser vista como uma ação temporária. Além das mudanças, é preciso reflexão, autoconhecimento e acima de tudo, disciplina.

64 visualizações

Comments


bottom of page