top of page

Correio Braziliense - Parceria trará ao Brasil experimento para empresas testarem jornada de 4 dias

Atualizado: 13 de jun.

Empresas de todos os tamanhos e setores podem participar do programa piloto, sejam todos os funcionários da organização ou apenas algumas equipes selecionadas


Artigo em Correio Braziliense do dia 12 de maio de 2023



Em setembro, uma alternativa inovadora para a jornada de trabalho poderá ser experimentada no Brasil. De iniciativa de duas empresas direcionadas a promover produtividade aliada à qualidade (a 4 Day Week, comunidade sem fins lucrativos, que faz teses globais sobre carga horária reduzida; e a Reconnect Happiness at Work, brasileira especializada em felicidade coorporativa e liderança positiva), o experimento propõe a redução dos dias de serviço para quatro por semana.


Empresas de todos os tamanhos e setores podem participar do programa piloto, sejam todos os funcionários da organização ou apenas algumas equipes selecionadas. O modelo a ser implementado nas participantes será do tipo 100-80-100: 100% do salário, trabalhando 80% do tempo e mantendo 100% da produtividade.

Renata Rivetti, diretora da Reconnect e especialista em Felicidade Corporativa, ressalta que o foco principal deste modelo de trabalho é o aumento de produtividade. “Não é tirar um dia da semana, mas redesenhar nossa forma de atuar, fazendo uma melhor gestão de tempo, automatizando processos, delegando e principalmente revendo prioridades”, afirma.


"O interesse de empresas, funcionários, organizações sem fins lucrativos e pesquisadores aumentou em todo o mundo. À medida que as pessoas lutam para se recuperar da pandemia, o estresse no local de trabalho, as longas horas e as pressões da vida diária surgiram como problemas urgentes," acredita a 4 Day Week. "Cem anos atrás, passamos de semanas de trabalho de seis dias para cinco. Muita coisa mudou nesse tempo e estamos atrasados para uma atualização."



Sucesso em testes


Recentemente, 61 empresas do Reino Unido participaram de um teste com a semana de trabalho de quatro dias durante seis meses. O resultado apontou que com um dia a menos, as empresas mantiveram a produtividade dos colaboradores, e, em alguns casos, atingiu melhores resultados quando comparados à jornada de 5 dias. Remuneração e benefícios permaneceram inalterados.


Depois dos testes, a maioria esmagadora das empresas participantes (92%) decidiram manter o formato de trabalho . Além disso, durante o período experimental de seis meses, o estresse e o esgotamento dos funcionários diminuíram em 71%, registrando níveis mais baixos de burnout.


Além do Reino Unido, o teste de redução de jornada ainda foi empregado em países como Estados Unidos, Canadá e Irlanda.



4 Day Week Global


Criada por Andrew Barnes e Charlotte Lockhart, a 4 Day Week Global é uma comunidade sem fins lucrativos com intuito de fornecer uma plataforma para pessoas e empresas interessadas em aderir a ideia de redução da carga horária semanal de trabalho. Eles têm parceira com a Cambridge University e Boston College e com o Centro de Pesquisa de Bem-estar da Universidade de Oxford e oferecem assistência para elaboração do piloto semanal de quatro dias.


"O interesse de empresas, funcionários, organizações sem fins lucrativos e pesquisadores aumentou em todo o mundo. À medida que as pessoas lutam para se recuperar da pandemia, o estresse no local de trabalho, as longas horas e as pressões da vida diária surgiram como problemas urgentes," afirma a empresa. Ela também acrescenta que "estamos atrasados para uma atualização", visto que a mudança de semanas de trabalho de seis dias para cinco ocorreu a um século.



Reconnect Happiness at Work


Já a Reconnect Happiness At Work é uma empresa especializada em felicidade corporativa e liderança positiva. Seu propósito é "a criação de culturas organizacionais mais saudáveis, com mais significado, bem-estar, saúde mental e felicidade dos profissionais". Eles têm parceria com a Happiness Business School, com atuação em Portugal, Suíça, Holanda, Angola, Moçambique, Austrália e Arábia Saudita.

3 visualizações
bottom of page